3 - Fazendo Milagres: Uma receita - TET YOD SAMEKH
Existem momentos em que somente um milagre pode transformar uma situação desesperadora e aparentemente sem saída.
Mas Deus não opera milagres; somos nós que o fazemos.
A tecnologia para fazer milagres é encontrada neste Nome divino.
REFLEXÂO:
Os 72 Nomes de Deus foram usados em tempos antigos para produzir milagres extraordinários.
Moisés usou os Nomes para abrir o Mar Vermelho. Josué os empregou para parar o sol e David recorreu a eles para derrotar Golias.
Lamentavelmente, porém, o poder dos 72 Nomes ficou perdido por milênios, e talvez o maior milagre de nossa época seja a repentina disponibilidade deste antigo poder.
Esta seqüência de letras diz respeito à arte de criar milagres, mas é necessário um determinado nível de compreensão antes de conseguirmos libertar o imenso poder deste Nome.
Precisamos entender, por exemplo, que a mera informação não é poder.
Uma criança pode ganhar de presente os projetos para a construção de um avião 747, mas esta informação lhe seria inútil.
Conhecimento, por outro lado, é de fato poder.
Sabedoria é poder.
Essas qualidades interiores podem ser aplicadas e traduzidas em mudança prática, positiva incluindo milagres!
Qualquer milagre no mundo material deve ser precedido por uma mudança milagrosa em nossa personalidade.
A realidade física e a natureza humana estão intimamente conectadas.
Quando criamos uma transformação extraordinária dentro de nós, o poder deste Nome permite que o universo expresse externamente esta mudança interna.
AÇÂO:
  Livre-se de todo egoísmo, inveja, raiva, e autopiedade.
Rejeitando estas tentações negativas, você se torna livre para invocar este Nome e estimular o poder dos milagres.